5 Dicas para Pesca de Tilápia





Originário do Egito e protagonista na bíblia, na história da multiplicação dos pães e PEIXES, a Tilápia do nilo é um dos peixes mais consumidos em todo o mundo desde o início dos tempos, um peixe bastante interessante de se pescar como pode ser observado em nossa sessão PEIXE (clique aqui). A equipe Nó de Pesca preparou 5 dicas para ajudar na pescaria deste que é um dos peixes mais encontrados nos pesqueiros de São Paulo:
  1. Equipamentos - A Tilápia é um peixe extremamente manhoso, assim quanto mais leve o equipamento mais sucesso trará para a brincadeira, indicamos anzol Chinu 4 ou 5, linha 0,16 mm de preferência em uma cor que destaque bem, vara bem sensível cerca de 4 ou 6 libras, chumbo 3 gramas ou sem chumbo e para regular a altura uma boia lambari 3, em alguns casos subimos a boia até a ponta da vara, tirando ela da água, ou seja, a pescaria fica sem boia.
  2. Isca - Na natureza, a isca pode ser capim, milho, bichinho de laranja e a famosa minhoca. Em pesqueiros a massa é muito usada, porém faça uma massa bem mole, que segure no anzol, mas que se desfaça na primeira mordida. A Tilápia costuma colocar a isca na boca e dar uma leve recuada, ao sentir qualquer peso na linha ela larga a isca.
  3. Atenção - Deixe a vara no suporte e fique de olho na linha, assim que a linha der uma "mexida", faça a fisgada, sempre para cima, para os lados também funciona, mas é mais difícil, pois em algumas vezes a linha mexe para o sentido do barranco, nestes casos a fisgada para o lado pode tirar a isca da boca do peixe. Em alguns casos após esta "mexida" na linha a boia afunda de uma vez.
  4. Local - Vale a pena pesquisar com os funcionários o melhor local, normalmente as Tilápias costumam se apresentar na margem mais profunda do lago, mas é um peixe que tende a estar em todo o lago.
  5. Ceva - Antes de iniciar a pescaria, uma ceva de quirela para o fundo e um pouco de isca de superfície também fazem um bom atrativo.


12 comentários:

  1. Boa tarde meu nome e Marcos Cendreti .Estive num sítio com um enorme lago repleto de tilapia . Eu tentei de tudo para fisgar uma e não tive sucesso pois elas são muito ariscas.
    Vocês tem alguma dica ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos, obrigado por sua visita ao nosso site. As Tilápias são muito manhosas e é difícil efetuar a pesca em ambientes mais selvagens, dê uma lida em nosso post sobre Pressão Atmosférica e no Calendário Lunar. Efetuarei mais alguma pesquisa e irei preparar mais algumas dicas, aguarde.

      Excluir
  2. muito bem explicado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigado pelo feedback!! Ele é sempre importante. Siga-nos em nossas mídias sociais e nos conte o que achou. Abraços

      Excluir
  3. Olá e uma vara de que tamanho mais ou menos de um tamanho bom pra tilapia, e é melhor pescar com aquela boia tipo um pauzinho ou a normal ou melhor sem bóia ? obg pelas dicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um prazer poder ajudar. O tamanho da Vara depende um pouco de sua habilidade e do local, porém algo que acredito que seja bom é entre 2 e 3 metros, já as boias tipo pauzinho acredito que são melhores pois ficam mais disfarçadas como um bambu na água, então também gosto, mas as outras são muito utilizadas e não fazem muita diferença.

      Excluir
  4. olhaé muito fácil pescar tilápia!!! vc pega esss varas de bambú mesmo e coloca ração de cachorro ou ração de coelho molhada pode ser, de cachorro de conseguir colocar no anzol normal pode ser tambem!!! lá na fazenda do meu tio a gente pesca tilápia, mas pena que ainda estão pequenas, aproximadamente 1 ou 1,5 kilos...

    parabens, pelo artigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! No Riacho Grande, quando era criança pegava no capim. Uma pescaria inesquecível. Em açude, da pra pegar no pão também, no fim o peixe acaba se alimentando ao que é disponível em seu habitat.

      Excluir
  5. Achei bem legal a explicação de vocês, não entendo nada de pesca e vocês detalham bem.

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca tinha visto um blog sobre pesca e achei incrível o conteúdo - rico, objetivo, fácil de entender! Parabéns!!

    ResponderExcluir