Pescaria no Pesqueiro Sol - Capítulo 1

Pesqueiro, Riacho Grande, Sol Pescarias,

Depois de quase 04 anos sem visitar o pesqueiro Sol, no dia 01/10 a equipe Nó de Pesca representada por Henrique Castilla, Rafael Bertuccio e Antônio Castilla foi conferir o que muitos comentavam, e apesar do vento que não deu trégua, não nos decepcionamos.
Como os comentários eram muitos e a vontade de buscar um bom Tamba era grande também , mesmo sabendo que o pesqueiro abriria apenas as 7:00 hrs, chegamos no portão em torno das 06:30 hrs e a fila já se formava.
Assim que fizemos o Check-in nos dirigimos a um ponto que, a alguns anos atrás nos trazia uma boa lembrança, pois é a parte do pesqueiro em que começa a ficar um pouco mais profundo, o que nos dá uma certa flexibilidade em tentar no lado mais raso e no lado mais profundo.
Vale lembrar que na primeira vez em que visitei este pesqueiro a impressão da qualidade da água e por consequência dos peixes me surpreendeu, claro que na época não conhecia muitos lugares, mas mesmo hoje podemos afirmar que este é um diferencial e confesso que nesta primeira visita perdi um celular neste lago.... tudo bem, pois já estava na hora de trocar, mas 30 dias depois desta ocasião e com celular novo voltamos a este local e adivinha quem foi tomar um banho no lago? Isso mesmo, o novo celular, mas este eu consegui salvar e ficou comigo durante um bom tempo. Neste dia ainda, meu pai em um ato de pura brincadeira tirou várias fotos em que eu de cueca e botas entrei no lago para buscar este celular, mas ele apagou depois que demos boas risadas, e restou apenas a lembrança... rsrsrsrs.
Bom, após montarmos acampamento a beira do lago, nós 3 armamos os sistemas e mandamos as linhas pra água. Rafael começou com um sistema com boia cevadeira e um bom chicote, que usou regulando e alternando iscas o dia todo. Meu pai iniciou um sistema com varinha de mão com boia, um chicote curto atrás dos peixes que ficam na beira. Como a água estava gelada mas havia alguma movimentação na flor da água e o Sol (desta vez me refiro ao astro rei) brilhava forte, montei um sistema com salsicha, que inicia na flor da água mas a medida em que a salsicha afunda passa pela meia água chegando ao fundo vagarosamente, no entanto não tive sucesso e após pouco mais de uma hora de tentativas troquei o sistema para boia cevadeira, um bom chicote e comecei a alternar as iscas e a ceva. Já que este sistema presenteava alguns pescadores ao redor do lago com exemplares regulares.
Pesqueiro, Riacho Grande, Sol Pescarias,  

0 comentários:

Postar um comentário