Cascudo - Um problema que virou Solução


Na cidade de Altamira, no México, acredita-se que o peixe cascudo foi introduzido de maneira acidental no rio Tamési e no lago Champayán, o problema é que este peixe, como não possui predadores naturais  reduziu muito os cardumes de Tilápia e Black Bass. (Curiosamente no Brasil, este peixe é utilizado para controlar os cardimes de tilápia nos pesqueiros). No méxico ete peixe é conhecido como Diablo, isso mesmo, "Diabo", por conta da beleza natural do animal...
A solução encontrada foi, aproveitar a carne deste peixe, isso porque ela é muito rica em aminoácios e ômega 3 e 6, além de ser muito saborosa e não ter muito espinha, podende ser aproveitada assada, no vapo ou frita, e isto é a opinião de uma pessoa que já experimentou a iguaria, eu mesmo.
Algumas fdicas para pegar este peixe:


  1. ISCA - Por se tratar de um peixe carnívoro, utilize iscas direcionada, como, minhoscas, pedaços de peixe ou mortadela.
  2. EQUIPAMENTO - Trata-se de um peixe que não tem um ataque feroz, então, usar um equipamento leve e mais sensível é bem indicado.
  3. MÉTODO - Atenção, como dizem muitos pescadores, ele é um peixe manhoso, normalmente os movimentos são leves e qualquer falta de atenção faz com que se perca o peixe.
  4. SISTEMA - É um peixe que tem o hábito de se manter no fundo e nas bordas dos lagos e tanques, então, utilize um sistema de fundo ou, caso utilize bóia, a isca deverá encostar no fundo do local.
Fonte de pesquisa:
Revista Pesca& Companhia edição - 276

0 comentários:

Postar um comentário