Chegou a Primavera 2016, bora pescar!!!

Dica na Pesca, Melhor Lua para Pesca, Primavera,
No último dia 22, mais precisamente as 11:21hrs, iniciou-se a estação do ano mais bonita, a Primavera. Na opinião de muitos pescadores, a temporada de pesca amadora se inicia com a chegada da estação da primavera. De fato nesta época o ecossistema inteiro chega no auge do seu ciclo e é encantador observar e fazer parte dessa estação do ano tão especial para a fauna e flora do nosso país.
Dica na Pesca, Melhor Lua para Pesca, Primavera,
Podemos dizer que com a chegada da estação do ano mais ligada a natureza, praticamente recebemos um convite a nos juntar a ela e pescar, porém, nem tudo são flores, esta é a época em que muitos peixes entram em fase de Piracema e por este motivo o Ibama e a Polícia Militar Ambiental fecham os rios, e os locais em destaque são: Bacia do Prata (localiza-se entre o Brasil, Uruguai, Bolívia, Paraguai e Argentina), Rio Paraguai (nasce no Mato Grosso e banha o Mato Grosso do Sul, além de fazer fronteira Brasil-Paraguai e Argentina –Paraguai), Rio Mogi Guaçu (nasce em Minas Gerais e percorre algumas regiões de São Paulo até Rio Pardo) e as Bacias da região Amazônica.

Dica na Pesca, Melhor Lua para Pesca, Primavera,

Mas a diversão do esporte não acaba por aí, o pescador poderá encontrar em pesqueiros ótimos exemplares de diferentes espécies, especialmente os pacus e redondos estão com todo o gás em pesqueiros da região de São Paulo.



Referências:
http://revistapescaecompanhia.com.br/fique-por-dentro/a-pesca-amadora-respira-primavera



05 Dicas para uma Pesca Noturna

Dica na Pesca, Pesca Noturna, Material Nó de Pesca,
Quando começamos a pesquisar algumas espécies de peixes, percebemos que alguns tem hábitos noturnos, ou seja, se alimentam neste período, o que os torna por vários fatores mais ativos no período noturno. E aí? Como nós praticantes da pesca esportiva podemos nos preparar para este tipo de pescaria e capturar mais este troféu?  Preparamos algumas dicas para ajudar:


    Dica na Pesca, Pesca Noturna, Material Nó de Pesca,
  1. LOCAL - Este é o principal item, procure um local seguro, alguns pesqueiros de São paulo e Grande São Paulo oferecem o serviço de pesca noturna e acredite, não é tão caro. Se preferir algo com um pouco mais de conforto, recomendamos fortemente que procure um hotel fazenda, com lago interno, a maioria permite que o pescador vire a noite pescando e quando o dia raiar, pode continuar pescando, ou se preferir, descansar um pouco nas acomodações de chalés ou quartos disponíveis.
  2. EQUIPAMENTO - A tralha vai variar de acordo com o troféu pretendido, mas os itens de iluminação são obrigatórios. Uma boa lanterna, bóias com luz química são muito úteis. Atualmente os itens com iluminação de LED são bem baratos e com opção de baterias recarregáveis os tornam melhores. Ainda em seu equipamento, troque o protetor solar pelo repelente e mantenha sempre seus equipamentos organizados, evitando acidentes ou até mesmo perder algum item no escuro.
  3. ISCA - Este item também vai variar de acordo com o objetivo da pescaria, mas via de regras, procure um local que não tenha uma iluminação forte e direta na água, lembre-se que trata-se de uma pescaria noturna e os peixes estão ativos no escuro, mas saiba que a maioria é atraída por um ponto de luz ou alguma movimentação na água. Pesquise um pouco sobre os peixes do local e faça algumas tentativas.
    Dica na Pesca, Pesca Noturna, Material Nó de Pesca,
  4. CEVA -  Normalmente os peixes com hábitos noturnos são carnívoros o que dispensa o uso de ceva, mas vale sempre ter uma conversa com alguém que conheça e tenha mais experiência no local escolhido para poder informar o que é mais indicado.
  5. ATENÇÃO -  Fique atento com os animais terrestres que também tem hábitos noturno, recomendamos a utilização de calça comprida, camisa de manga comprida e também o uso de botas.



Referências:
http://revistapescaecompanhia.com.br/fique-por-dentro/pescarianoturnaderobalo



Ferroada do Bagre, cuidados


Bagre, Dica na Pesca, Praia, Pesca no Mar, Um dos peixes mais presentes no litoral brasileiro, o Bagre, fez algumas vítimas no último Verão. O bragre é um animal peçonhento ou seja, possui veneno como arma de defesa, o veneno do peixe é liberado pelos poderosos ferrões, que são três no total; um ferrão dorsal e dois ferrões peitorais (espinhas). O acidente causa na pessoa, dor intensa, edema local e em alguns casos, sintomas sistêmicos, mas não provocam necroses, é comparada a ferroada de uma arraia-lixa.
Bagre, Dica na Pesca, Praia, Pesca no Mar, É importante que os banhistas, surfistas e pescadores redobrem a atenção ao caminhar à beira mar, na areia fofa da praia, para não pisarem neles, já mortos e principalmente ao tirá-lo do anzol.
Se sofrer acidente com o bagre não o arranque sozinho, o ferrão pode ficar preso, coloque água morna para promover dilatação dos vasos e proporcionar  alívio  da dor,  até  conseguir chegar a um serviço de saúde, para retirada do peixe.
Apesar da vítima pedir a retirada do peixe, o tenente Goes, do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), que atende o litoral paulista, adverte que somente os médicos devem efetuar esse procedimento. "Por segurança da própria vítima, nós recomendamos que não se tire o ferrão. O ferrão do bagre é semelhante a uma serra, uma ponta de flecha. Não dá para saber o que atingiu e se puxar pode causar uma dor ou um estrago maior no corpo".

Dicas aos pescadores
- Se pescar o peixe bagre não devolvê-lo morto ao mar;
- Retirá-lo do anzol com ajuda  de alicate de ponta, próprio para pescarias;
- Se retirá-lo vivo, vá até um local em que a água chegue ao joelho e o devolva, porém vivo;
Bagre, Dica na Pesca, Praia, Pesca no Mar,
- Em hipótese alguma, jogá-lo em sacos de lixos, areia da praia, beira de rios ou lagos.

ATENÇÃO: Nunca, nunca mesmo, retire os ferrões do peixe antes de devolve-lo, como explicado, esta é a arma de proteção do animal, ao cortar seus ferrões, praticamente estará matando o peixe e devolvendo o mesmo ao mar.




Referências:
http://br.blastingnews.com/ambiente/2016/01/o-peixe-bagre-assusta-banhistas-nas-praias-do-litoral-sul-de-sp-00739423.html
http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2016/01/bagre-faz-nova-vitima-em-praia-de-sp-e-fisga-cotovelo-de-banhista-video.html
http://www.classificadosteresina.com.br/homem-submetido-cirurgia-pisar-bagre-praia-santos-sao-paulo-105705.html



05 Dicas para Fisgar Pacu


Dica na Pesca, Pacu, Material Nó de Pesca,
Originário da bacia Amazônica, este peixe esta presente em quase todo a extensão das águas Sul-americanas, muito parecido com a Piranha (Não encontrei nenhuma referência da descendência de um ou de outro) por conta do formato e da característica de ter dentes fortes, o Pacu pode chegar até 30 KG e sempre proporciona uma ótima briga com os pescadores. Veja mais em nossa sessão PEIXE ( clique aqui ). Preparamos algumas dicas para ajudar na captura:
  1. LOCAL - Como são peixes de água rasa e geralmente estão perto da superfície para comer o que cai na água, geralmente estão próximos a margem, porém nos pesqueiros o maior sucesso se dá em pescarias de fundo ou meia água.
  2. EQUIPAMENTO - Vara tamanho 5 ou 6 e linha de 0,20mm a 0,30mm é o bastante para ter sucesso em sua pescaria.  Utilize anzóis de tamanho 2/0 ou maior, dependendo do tamanho dos Pacus naquela região. Um empate de aço de uns 10 cm é necessário, pois o Pacu possuí dentes muito fortes que podem cortar a linha facilmente.
  3. ISCA - Por ser onívoro, este peixe possui muitas opções de iscas. Iscas Naturais: Frutas como a banana verde, jenipapo ou goiaba, salsicha, pedaços de peixes ou minhoca. Iscas Artificiais: Iscas artificiais como spinners e sticks podem ser ideais para uma pesca bem sucedida. Massas: As massas, iscas encontradas em casas específicas de pesca, também podem ser utilizadas na captura do Pacu, carnívoras ou a base de frutas.
  4. CEVA -  Ceva de fundo este peixe atua em meia água ou no fundo em dias mais frios. Em dias quentes é possível ter sucesso com ceva de superfície na flor da água.
  5. ATENÇÃO - A mordida deste peixe é muito forte, utilize castrador no anzol para não ter problemas com a linha e tome muito cuidado ao manuseá-lo, utilizando um alicate para retirar o anzol da boca dele.

Dica na Pesca, Pacu, Material Nó de Pesca,
Foto tirada no Pesqueiro Ranchão / Uberaba-MG


Referências:
http://www.comopescar.org/como-pescar/como-pescar-pacu
http://blog.moradaimoveismg.com.br/como-pegar-pacu-dicas-de-como-ter-uma-pesca-bem-sucedida/
http://www.cpt.com.br/cursos-criacaodepeixes/artigos/peixes-de-agua-doce-do-brasil-pacu-piaractus-mesopotamicus



Como tirar a licença de Pesca Amadora

Fiscalização, Lei, Licença Pesca Amadora
A Licença de pesca amadora é obrigatória em todo o território nacional. Aposentados ou mulheres acima de 60 anos e homens acima de 65 anos devem ter a licença que se enquadra na categoria isenta de taxa. Esta licença tem a validade de 1 ano, devendo ser renovada após este prazo. 
Observe as regras específicas de cada estado, quando estas foram mais restritivas. O limite de cota de captura e de transporte de pescado por pescador é de 10 kg mais um exemplar para águas continentais e estuarinas(canais de encontro entre rio e mar) é de 15 kg mais um exemplar para águas marinhas.


De acordo com a INSTRUÇÃO NORMATIVA INTERMINISTERIAL No 9, DE 13 DE JUNHO DE 2012:
Art. 3o Entende-se por pescador amador a pessoa física, brasileira ou estrangeira, licenciada ou dispensada da licença pela autoridade competente, que pratica a pesca sem fins econômicos.
    §1o Pescador amador embarcado é aquele que faz uso de embarcação de esporte ou recreio para suporte à pesca (CATEGORIA A).
    §2o Pescador amador desembarcado é aquele que não faz uso de embarcação para suporte à pesca (CATEGORIA B). 

Valor da taxa
Categoria A - R$ 20,00 = GRU Simples - Pagamento exclusivo no Banco do Brasil.
Categoria B - R$ 60,00 = GRU Cobrança - Pagamento pode ser realizado em qualquer agência da rede bancária ou lotérica.

Para obter sua licença:
OBS.: o passo a passo abaixo tem o objetivo de auxiliar na emissão de sua licença, os links irão direciona-lo para o site do Ministério da pesca e agricultura, se preferir, acesse o site http://www.agricultura.gov.br/

1- Escolha sua categoria, conforme explicado acima;
2- Clique aqui;
3- Selecione a categoria pretendida;
4- Preencha seus dados, Ao término será emitido o boleto com o valor da taxa para que seja efetuado o pagamento, conforme locais informados. De qualquer maneira anote o número de protocolo, este será importante nos passos futuros;
4.1- Caso tenha algum problema na impressão do boleto clique aqui;
5- Após o preenchimento do formulário já será possível a emissão da licença provisória, que será válida por 30 dias, acompanhada do comprovante de pagamento, clique aqui;
6- 10 dias após o pagamento, sua licença definitiva estará disponível para impressão, clique aqui;


Pesca Trade Show 2016, descubra como foi...

Evento, Feira, Mariner Boat Show, Pesca Trade Show, Pesca Trade Show 2016,

Na sexta-feira 12/08/2016, eu (Henrique Castilla) e Antônio Castilla, visitamos o Pesca Trade Show 2016. Tendo em vista ser um evento mais direcionados aos lojistas, a quantidade de novidades e lançamentos é maior quando comparado a Feipesca, em contrapartida, o entretenimento direcionado aos visitantes, quase não existe, fazendo com que o evento seja bem mais técnico. A alimentação ficou por conta dos foodtrucks, porém com preços salgados, tanto para comida como para as bebidas, sem falar no valor da entrada que também esteve um pouco alto.
Visitando alguns estandes, pudemos observar alguns lançamentos:

  • Redai - Efetuou o lançamento de varas da série MAMUSHI NANO que foram projetadas para pescarias leves e ultra leves com jig head e tem como alvo principal as pescarias de robalo e black bass.
  • Shimanno - Trouxe o conceito de tecnologia HAGANE. Este termo refere-se à combinação de tecnologias desenvolvidas com base em anos de experiência e conhecimento para a criação de molinetes e carretilhas de alta performance, visando suavidade e durabilidade. Diversas são as tecnologias patenteadas que fazem parte deste conceito e os produtos de media à alta gama que possuem estes desenvolvimentos, estão sendo estampados de fábrica com a logo do HAGANE.
  • Marine Sports - Trouxe muitas novidades relacionadas a acessórios, como bolsas e malas para acondicionar a tralha, além de algumas novidades e lançamentos de carretilhas, destaque para os modelos LUBINA GTO 10000, CONTENDER GTO BIG GAME e TITAN BIG GAME SW 400.
  • Tivemos a oportunidade de participar da degustação da Cachaça Santo Mel, que trata-se de uma bebida mista de uma ótima cachaça com Mel puro de abelhas, produzindo um sabor excepcional, que me deixou curioso para preparar uma caipirinha.
  • Pudemos também conversar com algumas pousadas que possuíam estande no evento, já planejando uma pescaria futura.

O ponto forte da feira ficou por conta da participação dos apresentadores do canal FishTV, extremamente atenciosos e solícitos com o publico da feira, distribuíram autógrafos, uma boa conversa, além de pose para fotos.
Como já é de praxe, encontramos também com os mestres Renan e Nelson Nakamura, coroando a tarde e abrilhantando ainda mais o evento.
Veja o vídeo com os highlights ( Clique aqui )