Pescaria em Alto Mar 2017 - Capítulo 2

Alto mar, Mar, Melhor Lua para Pesca, Melhor maré pra pesca, praia,
Continuando... Ao chegar na Marina, entendemos que por conta de nosso atraso o Barco já estava nos aguardando dentro do Mar, pois o horário da vazante da maré já havia passado, e neste local quando isso ocorre não há profundidade para navegação de embarcações maiores, sem nem questionar, 2 barcos menores foram nos disponibilizados para levar até a embarcação, por conta da quantidade de gente e de equipamento, isto nos deixou muito tranquilos e satisfeito, pois entendemos que realmente estávamos lidando com pessoas extremamente profissionais.

Alto mar, Mar, Melhor Lua para Pesca, Melhor maré pra pesca, praia,
Seguimos nos barcos para a escuna, e ao embarcar o balanço do barco nem foi percebido, imaginei que isto poderia ser pelo fato de ainda estarmos no canal e não no mar. Mas já na escuna navegando em direção ao primeiro ponto de pesca me senti muito bem e aproveitei este momento para montar meu equipamento, 2 sistemas sendo um de fundo e com boia, depois fiquei aguardando o barco parar, pensando que algo pudesse acontecer em meu estômago, continuei me hidratando e é claro tomando meus comprimidos a cada 6 horas, desde a noite anterior.
Quando a embarcação parou, não pensei 2 vezes e mandei as linhas pra água, estávamos próximos da ilha de Queimadinha, um ponto de pesca muito conhecido pela qualidade e quantidade de peixes e que eu tinha muita vontade de conhecer, realmente o lugar é lindo (Veja as fotos em nosso Instagram - @nodepesca).
Mas não acertamos o dia, ficamos algumas horas neste ponto e, protegidos pela ilha nosso barco pouco balançava, o que contribuiu para que quase todos se sentissem muito bem e pudessem aproveitar, alguns amigos pegaram alguns exemplares e da equipe apenas João Barros e Rafael Bertuccio pegaram os seus, eu e o Bruno dos Anjos, ficamos apenas nas tentativas.


Alto mar, Mar, Melhor Lua para Pesca, Melhor maré pra pesca, praia, Alto mar, Mar, Melhor Lua para Pesca, Melhor maré pra pesca, praia,


Dia das Mães 2017

Datas Comemorativas, Dia das mães,
Hoje é um dia especial, pois comemoramos o dia de uma das pessoas mais importantes da vida da gente. Uma pessoa que nos ama antes mesmo de termos uma forma, de sermos do tamanho de um grão de feijão.
Minha mãe não é diferente, me ensinou e me transformou em tudo o que eu sou, brigando quando necessário, ensinando sempre que possível, dando exemplo em todas suas ações e fazendo com que eu me tornasse uma pessoa melhor, um cidadão respeitando e amando o próximo, sem deixar que os malandros me passem para trás.
Em nome de todos os filhos da Equipe Nó de Pesca, queria agradecer cada uma das mães, que sempre nos apoiaram, nos apoiam e nos apoiarão em todas as pescarias de nossas vidas, e assim deixo um poema de cordel que ouvi ano passado, mas que representa o que cada um de nós pensa.

"Os mais sábios conselhos ela me deu,
Sem tirar nem botar acertou tudo,
É doutora da vida sem estudo,
Foi vivendo que ensinou, o que aprendeu,
Com as pancadas dessa vida Mãe sofreu
E mostrou até de forma inconsciente,
Que seus filhos precisavam ser descentes e viver sempre com honestidade,
A palmada da mãe não dói metade, das palmadas que a vida dá na gente.

Se a carne era pouca e o caldo ralo,
O pirão de amor tinha sustância,
E as panelas, toda cheia de esperança,
Nossa fé nunca sofreu nenhum abalo,
Mãe dizia: Filho, escute o que eu te falo, nessa vida, seja sempre paciente, cada um tem um destino diferente, lute, cresça e nunca perca a humildade.
A palmada da mãe não dói metade, das palmadas que a vida dá na gente.

Se presente mais bonito, eu lhe pedia,
Mãe dizia que não podia comprar e eu me danava e começava a chorar,
Sem saber que muito mais nela doía,
Sem dinheiro pra fazer minha alegria, inventava uma maneira diferente,
E dizia que um dia, lá na frente, meu trabalho mataria esta vontade.
A palmada da mãe não dói metade, das palmadas que a vida dá na gente.

E as lições que eu aprendi lá no passado,
Me fizeram bem mais forte no presente,"

Braulio Bessa, no programa Encontro com Fátima Bernardes (clique aqui)



Pescaria em Alto Mar 2017 - Capítulo 1

Alto mar, Mar, Melhor Lua para Pesca, Melhor maré pra pesca, praia

Em Abril/2017 a equipe Nó de Pesca (Representada por Henrique Castilla, Rafael Bertuccio, João Barros e Bruno dos Anjos) navegou para uma pescaria em águas mais profundas.
Alto mar, Mar, Melhor Lua para Pesca, Melhor maré pra pesca, praia, Organizada, e bem organizada por Bruno dos Anjos junto com alguns amigos, partimos da Vila das Mercês as 04:40 hrs com destino a Peruíbe, mas como já expliquei anteriormente ( clique aqui ) os preparativos começaram um dia antes, revisando a tralha e deixando tudo o que fosse possível pronto, para que no barco pudesse me concentrar em pescar e não enjoar, além disso tomei muita água e fiz refeições leves e nutritivas, claro que as lembranças das experiências anteriores ainda estavam na mente ( clique aqui ), mas como esta seria a terceira pescaria em alto mar, alguma coisa já tinha como aprendizado e algo me dizia que tudo ia dar certo, mesmo tendo adiado uma semana a pescaria por mau tempo e o tempo na cidade não sendo o melhor ao longo da semana, a informação vinda do mar era de tempo bom, então confiamos, nos preparamos e partimos.

Alto mar, Mar, Melhor Lua para Pesca, Melhor maré pra pesca, praia, Quase todo o pessoal encontrou-se em um mesmo ponto, apenas 2 amigos dentre eles João Barros estavam nos aguardando no meio do caminho, e a viagem até Peruíbe foi tranquila, claro que tínhamos um motorista que além de experiente é muito prudente. Ao chegar as portas da pousada  Jardim das Aves ( clique aqui ), um lugar lindo descoberto por Rafael Bertuccio a algum tempo atrás, (o que o deixou louco para voltar lá para uma pescaria), mas como ia dizendo, o proprietário Rubens já estava nos aguardando, afinal, estávamos cerca de quase 2 horas atrasados, mas tudo correu bem, e nos dirigimos a Marina de Guaraú.




5 Dicas para Pesca de Tamba


Dica na Pesca, Material Nó de Pesca, Peixe, Pescaria, Tamba,

Ultimamente o troféu de qualquer pescador é o Tambaqui ( clique aqui ), isso porque este é um peixe extremamente forte e agressivo, ataca a isca e proporciona uma briga de gente grande, então pesquisamos algumas dicas para poder ajudar além de misturar com algumas experiências que tivemos.

  1. EQUIPAMENTO - Como dito acima este peixe é extremamente forte e agressivo, assim recomendamos a utilização de um equipamento que conte com molinete ou carretilha, porque no momento em que houver o ataque o bicho poderá tomar a linha que quiser e você poderá aproveitar este momento para brigar. A experiência nos mostrou que ter um bom anzol afiado e resistente é muito importante, além de uma linha que não esteja desgastada pela ação do tempo ou de outras pescarias.
    Dica na Pesca, Material Nó de Pesca, Peixe, Pescaria, Tamba,
  2. SISTEMA - O sistema mais utilizado é para tentativa na superfície ou na flor da água, onde são utilizadas 2 boias, sendo 1 uma boia maior (que pode ser cevadeira, torpedinho ou boião) e uma boia sinalizadora menor, que permitirá  regular a altura da isca. Quando a tentativa ocorrer mais na superfície ou mais para o fundo e é claro se a pescaria for na flor da água, esta poderá ser dispensada, além de um anzol na ponta, que não precisa ser grande (Shinnu 6, por exemplo) pode ou não utilizar o empate de aço, que dá mais segurança para o pescador, porém, tenho percebido que ele espanta o peixe. Também é possível capturá-lo no fundo, com um sistema simples, sem boia, anzol e chumbo, mas quando o tempo esta quente é muito mais típico o peixe subir para se alimentar.
    Dica na Pesca, Material Nó de Pesca, Peixe, Pescaria, Tamba,
  3.  ISCA - Como este peixe é onívoro, existe uma infinidade de possibilidades para a tentativa, goiaba, salsicha, massas diversas, ração furadinha, pão e a famosa anteninha.
  4.  LOCAL - Como sempre a pesquisa é a trama do negócio, converse com os frequentadores mais assíduos do pesqueiro e com os funcionários, identifique o local onde os bichos costumam ficar e atacar, mesmo sem a conversa você poderá notar que a maioria dos frequentadores irão arremessar na mesma direção, cevando, e arremessando onde o fervo estiver. 
  5. ATENÇÃO - A pesca de Tamba é bem ativa, normalmente os arremessos são efetuados e não há tempo para a espera, pois se ele não atacar vale a pena conferir a isca, ou aumentar a ceva do local.
    Dica na Pesca, Material Nó de Pesca, Peixe, Pescaria, Tamba,
Por se tratar de um peixe muito procurado pelos pescadores e como todos arremessam na mesma direção vale a dica de também ajudar na ceva, para não utilizar apenas a ceva dos companheiros e também entender que o enrosco poderá acontecer, então lembre-se, estamos todos pescando e confraternizando.



Maio chegando e com ele o Dia das Mães

Datas Comemorativas, Dia das mães,

Uma data muito especial e cheia de carinho está prestes a chegar: Vem aí o Dia das Mães.

  • O dia daquela que, 
    • cuidou de você por tantos anos; 
    • arruma suas tralhas e faz sumir tudo 😄😄😄;
    • te defendeu acima de tudo; 
    • te ajuda a preparar suas iscas, e depois limpa sua bagunça;
    • te deu amor acima de tudo e de todos;
    • depois da pescaria limpa todos os peixes que você traz pra casa;
    • você nunca achará outra igual!
E como presentear devidamente tal pessoa que merece tanto em troca?
Qualquer coisa que se pense neste momento não será bom o bastante, então, MÃE merece carinho, merece beijinho, merece abraço gostoso. Mas mãe também merece um presente especial. Pode ser um desenho, uma flor, uma almofada bordada, uma blusa bonita, uma bolsa ou algo assim.
Pode ser confeccionado artesanalmente ou adquirido já pronto. Só não pode ficar sem!
Tem que ser algo com o jeito dela! De acordo com o gosto dela, seja ele como for!
Nesse momento de escolha, o que vale é o estilo da sua mãe. Não precisa ser caro, não precisa ser pago em prestação. Apenas, precisa demonstrar amor!
Aproveite que ainda faltam algumas semanas e planeje, pesquise, assunte com seu pai, seu irmão ou irmã. Prepare um almoço para ela, leve café na cama pra ela, escreva um post para ela, qualquer coisa que surpreenda sua mãe.

Fonte de pesquisa e dicas para o presente:
http://www.vecchiojoalheiros.com.br/blog/o-dia-das-maes-esta-chegando/
http://docedeni.blogspot.com.br/2013/05/dia-das-maes-chegando-prepare-o-coracao.html
http://simnospodemos-2014.blogspot.com.br/2015/05/feliz-dia-das-maes.html


LuminAID - Uma solução inovadora

Dica na Pesca, luminAID, Material Nó de Pesca,
Dica na Pesca, luminAID, Material Nó de Pesca,
No último evento que estivemos presentes, me deparei com um item que me chamou muito a atenção por estar alinhado com as práticas que a equipe Nó de Pesca tanto defende, então, pesquisei um pouco e trouxe para vocês conhecerem também.
Originalmente criada para oferecer segurança e conforto às vítimas de desastres naturais, LuminAID conquistou seu espaço, também, entre amantes da natureza e praticantes de esportes de aventura.

Dica na Pesca, luminAID, Material Nó de Pesca, A LuminAID foi criada logo após o terremoto no Haiti, em 2010, quando suas inventoras, Andrea Sreshta e Anna Stork, eram apenas estudantes de pós-graduação em arquitetura. Convidadas a desenvolver um produto para auxiliar no socorro às vítimas, elas foram inspiradas a criar algo que realmente fizesse a diferença na vida daquelas pessoas.
Dica na Pesca, luminAID, Material Nó de Pesca, LuminAID é uma lanterna solar inflável, ultraleve, livre de PVC e à prova d’água, ideal para a prática de atividades e recreações ao ar livre e indispensável em situações de emergência.
Quando pensamos em nossas necessidades humanas mais básicas, comida, água e abrigo vêm primeiro. Andrea Sreshta e Anna Stork foram além. Elas consideraram as perigosas condições de vida durante a noite nos acampamentos e focaram sua atenção em outra necessidade crítica: LUZ. Assim, desenvolveram a tecnologia solar inflável que, hoje, é usada em mais de 70 países.
Dica na Pesca, luminAID, Material Nó de Pesca,

Dica na Pesca, luminAID, Material Nó de Pesca, Andrea Sreshta é estudante de MBA na Universidade de Chicago Booth School of Business e co-fundadora da LuminAID. Andrea estudou design e arquitetura com ênfase em gestão de projetos e trabalhou na área por um período. Ela também fez um estágio de verão na McKinsey and Company. Possui diplomas de bacharel da Universidade de Yale e de mestrado em Arquitetura da Universidade de Columbia antes de integrar a Booth. Andrea nasceu em Houston, Texas e atualmente reside em Chicago.

Anna Stork é co-fundadora da LuminAID Lab. Ela estudou Empreendedorismo na Fundação Kauffman em 2012. Como uma “Kauffman Fellow”, ela foi de Operações Internas para a start-up do varejo Warby Parker. Anna também trabalhou em desenvolvimento de produtos no Departamento de Defesa com foco em desenvolver novas tecnologias para os militares em locais remotos. Completou seu mestrado em arquitetura na Universidade de Columbia e ganhou seu B.A. em Engenharia e Estúdio da Dartmouth College.

Para saber mais ( clique aqui )   interessados em revender os produtos LuminAID, falar com o Representante Exclusivo da LuminAID no Brasil: OATI IMPORTAÇÃO - falar com Andreia Pires - Gerente de Vendas - Cel/WhatsApp 11 98711 9572